Buscar
  • Coletivo Cidade e Memória

O Progresso e a Presença: o Dilema da Usina Macaco Branco

Atualizado: 4 de Set de 2018

Toda a área que visitaremos neste passeio (a Usina Macaco Branco, a fazenda Roseira e sua vizinha, a fazenda Espírito Santo) será inundada para a construção do grande reservatório hídrico previsto pelo Departamento de Água e Energia Elétrica (DAEE) do Estado de São Paulo no Rio Jaguari e que ocupará uma área de 2,1 quilômetros quadrados entre Campinas e Pedreira . O patrimônio cultural, a vegetação existente e todo o seu bioma desaparecerão para sempre em breve. Neste passeio cultural não pretendemos simplesmente defender a construção do reservatório ou rechaçá-la sem discussão. Pretendemos analisar e discutir com todos os participantes as diversas maneiras de pensar em conflito neste impasse, que vão muito além dos interesses ideológicos, políticos e econômicos imediatos em jogo. Nossa pergunta central será: a atual maneira de viver de nossa civilização será sustentável e sensata ainda por quanto tempo?

Vários artistas plásticos proporão atividades de expressão, pensamento e exploração do tempo e do espaço ao nosso redor, em atividades descritas em anexo.




Para saber mais sobre e o passeio e como participar, clique neste link: https://goo.gl/VALBN1

85 visualizações

CONTATO:

Tel: (19) 9 9924-8999 

Email: colcidme@gmail.com

CNPJ: 31.751.087/0001-62

Campinas - SP